O número de pessoas que buscam procedimentos estéticos faciais aumentou nos últimos anos. Seja por causa dos filtros do Instagram ou do crescimento dos influenciadores, é comum o desejo de melhorar a autoestima. 

A falta de sono, o estresse e a rotina de trabalho desgastante costumam ter um resultado físico: o surgimento das olheiras. Além dos fatores comportamentais que podem agravar ou causar o problema, há outros gatilhos como a genética, peles muito brancas, flacidez na região, acúmulo de gordura na pálpebra inferior e alergias respiratórias. 

O câncer de pele é o tipo mais comum em nosso país, correspondendo a 33% de todos os diagnósticos da doença no Brasil, segundo dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia. A maioria ocorre por causa da exposição excessiva aos raios ultravioleta do sol.