Com tantas opções diferentes sendo propagadas, é normal que haja confusão entre os procedimentos, principalmente quando se fala em botox e preenchimento facial com ácido hialurônico. Porém, ambos apresentam resultados e indicações diferentes. O botox paralisa a musculatura, o que impede o movimento e a contração dos músculos que originam as tão temidas rugas. Assim, previne-se o surgimento de novas rugas, suavizando as que já existem. 

 

O preenchimento facial exerce outra função, como o próprio nome mostra: preencher áreas do rosto que perderam gordura. Por isso, é normal ver esse procedimento sendo realizado nas maçãs do rosto, nas mandíbulas e sulcos na região próxima do bigode chinês. Além disso, é aplicado para conferir maior volume, algo que se popularizou nas redes sociais, principalmente na área dos lábios. O ácido hialurônico, substância que costuma ser aplicada neste processo, ajuda a conferir mais harmonia ao rosto.

 

O profissional é quem irá indicar a melhor escolha ao seu caso, avaliando quais as necessidades conforme o quadro. Na presença de rugas dinâmicas, que são aquelas que aparecem quando nos mexemos, a tendência é optar pelo botox. Quando há rugas estáticas, o preenchimento com ácido hialurônico é mais vantajoso. Entre em contato e agende sua avaliação!