Na realidade, a harmonização nada mais é do que um conjunto de procedimentos estéticos que são combinados para tornar os traços harmoniosos, tratando problemas como o envelhecimento facial, caracterizado pela perda de elasticidade da pele, queda dos tecidos, músculos e gordura. As diferentes partes do rosto são, então, modificadas para garantir maior proporcionalidade à face. A técnica é indicada para homens e mulheres que desejam tratar rugas, linhas de expressão, olheiras, papadas e alterar o tamanho dos lábios.

 

Os resultados da harmonização promovem a recuperação do volume ósseo, muscular e de gordura, definindo o contorno facial e potencializando a beleza do rosto. Os principais procedimentos para isso incluem:

 

- Preenchimento facial com ácido hialurônico: ativo com muitos benefícios para a pele. É uma substância natural da camada cutânea, mas o corpo tende a perdê-la com o tempo, por isso sua reposição é necessária. Assim, o volume de determinada parte do rosto é recuperado, atenuando sulcos profundos e redefinindo o contorno da face em áreas como nariz, queixo, mandíbula e maçãs do rosto. 

 

O tratamento é seguro e reversível, com ótimos resultados para melhorar o volume labial, reduzir marcas de expressão e recuperar a hidratação da pele, estimulando a produção de colágeno. 

 

- Toxina Botulínica: popularmente conhecida como botox, a toxina botulínica paralisa a musculatura e suaviza marcas de expressão. Indicado para as regiões da testa, glabela (rugas entre as sobrancelhas, secundárias da expressão prolongada de emoções como raiva, alegria e tristeza) e para amenizar os pés de galinha. 

 

Essas são algumas opções comuns da harmonização facial, mas o melhor procedimento deve ser estabelecido com o profissional responsável. O médico irá analisar os seus objetivos, sempre respeitando o melhor tratamento para o seu rosto.